Jesus,desliga o alarme!

Tem alguém aí?

Hoje em dia vive-se em ilhas. Janelas com grade, portas trancadas, alarme, cerca elétrica. Todos os artifícios possíveis para se esconder e viver em arquipélago. Pequenas ilhas cercadas por muros, pequenos caixotes chamados apartamentos. Vizinhança existe? Solidão deveras existe.

Como em uma música, “as grades do condomínio são pra trazer proteção, mas também trazem a dúvida se é você que está nessa prisão”. Sábio verso.

24 horas. Foram 24 horas de um barulho intenso, insuportável, ensurdecedor. A casa da vizinha estava em reforma e ela, a dona, não estava lá. Cerca elétrica com alarme ligado. Alarme, cerca… Meios modernos de se proteger da violência, de se proteger não se sabe mais de que, de viver isoladamente, de não se envolver com ninguém…Cerca, na roça, meio rural de se proteger e demarcar uma propriedade. Cerca, na cidade, meio urbano de prisão de segurança máxima domiciliar.

Uma vizinha ligou para a dona da casa, que dormia tranquilamente em outro bairro, e teve a audácia de xingar e de achar ruim. O nome disso? Da atitude da dona da casa, falta de vergonha na cara. Do desleixo dela em deixar alarme ligado, perturbação do sossego alheio. Sim, é crime. Cadeia no Brasil, existe? Sim. Ladrões de galinha preenchem os espaços. Demais ladrões, os mais perigosos, em geral são queridinhos da sociedade protetora dos Direitos Humanos. Dizia meu professor aos políticos corruptos: “Vocês são os piores ladrões do nosso país. Fora do meu escritório”. Ele era advogado famoso, corajoso o homem. Desses que dá gosto conhecer e deixou saudade.

Sociedade protege, Direitos (des) Humanos acobertam  criminosos. Afinal, gente é gente, policial não é gente pra essa gente.

Voltemos para a vizinha que cometeu crime de perturbação do sossego alheio. Pequeno, quase inofensivo. Afinal, qual o problema de driblar a lei em pequenas coisas num país onde se cometem grandes. Alguns poucos vizinhos se reuniram em volta da vizinha, que veio desligar o alarme de manhã. Sim, de manhã, depois de uma noite inteira ao som daquela música já clássica na modernidade- o som dos alarmes. Ah, como é doce o som dos alarmes, já havia me acostumado…Os vizinhos, que moram na mesma rua há anos e mal se conhecem, finalmente encontram-se, reclamam com ela,e voltam cada um para sua ilha, digo, sua casa. Na próxima noite terão bons sonhos de mel.

A vizinha, atordoada, envolve o Santíssimo Nome de Jesus, esquecendo-se do 1º Mandamento, e diz a seguinte célebre frase: “Isso não vai acontecer mais, em nome de Jesus”.

Jesus, da próxima vez, desliga o alarme,amém. Aleluia.

Anúncios

Sobre Giselle Katholisch

Giselle,católica,brasileira,100% amada por Deus,feliz.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Jesus,desliga o alarme!

  1. Mas que folgada, gente! Muito legal o texto, bj

  2. Pois não é?! Ainda usa o nome de Jesus em vão. Vontade de dar uns tabefes na criatura,rsrsrsrs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s