Cura D’Ars,vinde a nós!

“Oh! como o sacerdote é algo sublime! Se ele se apercebesse morreria… Deus lhe obedece: diz duas palavras e Nosso Senhor desce do céu”

 São João Batista Maria Vianney

O mundo sente muita falta de um não,mas vários Cura D’Ars. Mal se dá conta disso.

Tanto não se dá conta que o substitui por padres que usam terno Armani e não fazem nada mais que dizer palavras bonitas ao público, digo,aos fiéis. E acha que está tudo muito bom assim.

Eis o que fez e faz a mentalidade moderna aos fiéis do nosso tempo. Perdeu-se a noção da verdadeira catolicidade e do que realmente diz respeito à vida católica- dentre outras coisas,o papel do sacerdote, o papel do leigo na Igreja, o que é a Missa- Sacrifício do Senhor- a Presença Real de Cristo na Eucaristia…, como um católico deve se vestir para ir à Missa…Enfim, coisas básicas que nossos avós sabiam e, se não tinham acesso às informações como temos hoje, tinham o máximo respeito e zelo pelo que é sagrado.

Não me canso de dizer-aqui e na vida real- que há Padres e padres, e se o povo católico conhecesse o que é um sacerdote de verdade,não aprovaria padres como Fabio de Melo. Sim, porque existe uma verdadeira idolatria de certas pessoas quanto a ele- não se pode falar nada, não se pode criticar, não se pode apontar os erros. Já quase me lincharam porque, um dia, comparei Fabio de Melo e Padre Pio. Posso também comparar Fabio de Melo e o Beato Padre Eustaquio, pois quem conhece a história deste beato vai entender o que é um padre de verdade.

Disse e repito,padre que é padre não vai perder tempo indo em escola de samba beijar bandeira; vai usar seu tempo para atender Confissão dentro da Igreja. Não tem nada de complicado em entender o que é ser padre.

Não vou me cansar de dizer e não vou parar de falar. Se eu parar de falar, que as pedras falem por mim, não é assim?

Os equivocados que se mudem, ou se não quiserem abrir os olhos, que continuem no erro.

Padre Fabio de Melo não é exemplo de sacerdote e ponto final.

Será que é tão difícil entender??

Anúncios

Sobre Giselle Katholisch

Giselle,católica,brasileira,100% amada por Deus,feliz.
Esse post foi publicado em Sacerdócio. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Cura D’Ars,vinde a nós!

  1. fernando disse:

    Gisele,
    Que a Paz e a Alegria de Jesus e de Maria estejam contigo!
    Concordo que alguns sacerdotes cometem alguns exageros, se expondo demais, porém temos que acompanhar os tempos. Não podemos assistir os pastores protestantes tomando conta da midia sem que lancemos mão desse meio também.
    Acho salutar que padres ocupem espaço na midia, na medida certa evangelizando conforme a Igreja ensina.
    Fernando.

  2. Olá Fernando! Salve Maria!
    Temos que criar a consciência de que somos filhos da única Igreja firmada na Rocha, que é Pedro- o 1º Papa.Ou seja, o católico não precisa e nem deve se apoiar ou se basear no exemplo dos protestantes ou de quem quer que seja. Temos mais de 2 mil anos e nunca precisamos disso para “evangelizar”, e porque agora precisaríamos?
    A doutrina da Igreja é única e irrefutável, passa o tempo, vêm as heresias;ela ali permanece, firme e inabalável.
    A Igreja encontra-se sim, na mídia, conforme o Santo Padre recomenda para essa evangelização. Sendo assim, existem inúmeros blogs católicos, que contribuem muito nesse sentido.
    Porém, não é na mídia suja, apodrecida e anticatólica que devemos adentrar- ainda mais um padre!-mas nos meios realmente católicos. Aqui em BH, por exemplo, temos a Rede Catedral de Comunicação Católica, na qual nosso arcebispo e muitos padres têm oportunidade de “evangelizar” – dentre muitos programas,temos a Consagração a Nossa Senhora da Piedade, o Terço e a Oração do Angelus- isso sim é que é muito bonito e é programa de católico.
    Que os “pastores protestantes” façam o que quiserem, cada um de si prestará contas.
    Nós estamos e estaremos, até o fim dos tempos, firmados na Rocha e nada irá mudar isso.
    Paz e Bem!

    • fernando disse:

      Gisele,
      Que a Paz e a Alegria de Jesus e de Maria estejam contigo!
      Concordo que a Igreja Católica seja a única firmada na Rocha, que é Pedro, portanto a Igreja verdadeira de Deus.
      Porém, temos que acompanhar os tempos, isso não significa ser modernista ou conservador, mas se contextualizar com o tempo presente, sem contudo, ferir a doutrina. Certamente , ao longo de sua história a Igreja usou todos os meios disponíveis ao seu tempo, para evangelizar. Seria um erro não lançar mão de todos os recursos para levar a Palavra de Deus a mais pessoas.
      Quando você cita as emissoras católicas, me vem a mente a passagem onde Jesus vai a um banquete na casa de Levy Mateus, e ao escandalo das pessoas ao verem o Senhor no meio de pecadores, Ele argumenta que são os doentes que precisam de médico e não os sadios. Acho que as emissoras católicas cumprem o papel de formar e consolidar o católico na sua fé, mas a grande midia tem o poder de atingir a muitos.
      Acho que a grande midia é o local onde os verdadeiros cristãos deveriam entrar. Me parece muito confortável ser cristão apenas nos meios já cristãos. A batalha é ser testemunha no meio de uma mídia suja, apodrecida e anticatólica, como você fala, e com razão.
      Fique com Deus!
      Fernando

  3. Fernando,
    não tinha visto sua réplica.
    Para de repetir as coisas,eu falei que não concordo com vc,se vc não entende que eu posso fazer?

    Os doentes precisam de médicos e não os sadios, como vc mesmo diz, aliás não foi vc quem disse, mas Jesus; então, vá “evangelizar” na faculdade, no trabalho, pra ver o que é!!!Vai falar q não concorda com aborto,casamento gay,etc.Isso o Fabio de Melo faz? Porque né.Cá pra nós…Não é pra qualquer um.

    Agora, chegar na tevê e cantar musiquinha e tal, falar que Jesus ama, com palavras doces como as do tão queridinho Fabio de Melo, beijar bandeira de escola de samba,isso aí qualquer um faz. Qualquer um, não precisa ser católico nem padre pra isso!O pior cego é aquele que não quer enxergar!!!

    Agora…quero ver ser linha de frente na batalha do dia a dia.Quero ver levar lambada de professor de faculdade, de colega de trabalho,porque se vive verdadeiramente a fé; como se diz aqui em Minas,tem que ser muito macho pra isso.
    Viver a fé é no peito e na raça!!!!

    • fernando disse:

      Gisele,
      Que a Paz e a Alegria de Jesus e de Maria estejam contigo!
      Realmente é bem difícil testemunhar Jesus na sociedade, escola, trabalho etc… São poucos os que conseguem.
      Entendi a sua mensagem.
      Fique com Deus!
      Fernando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s